logoSintesp

SINDICATO DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO NO ESTADO DE SÃO PAULO


Ética, competência, dignidade e compromisso com a categoria


Bem-vindo, sexta-feira, 18 de agosto de 2017.

Logo Fenatest Logo Força Sindical
11/10/2013

Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas: 10 de outubro


O dia 10 de outubro foi instituído por força da Lei Federal nº 12.645, de 16 de maio de 2012, para que os ambientes escolares incorporem a data como uma atividade pedagógica nas escolas. A escola do seu filho sabia disso?

 

Até então, pouco ou nada sobre o tema era tratado nas escolas. A ideia embutida no cerne desta iniciativa, não é a de simplesmente aumentar qualquer calendário comemorativo, ou introduzir uma novidade ao mundo escolar. Ela dispensa todo e qualquer cerimonial, dispensa a pompa, e não pretende comemorar nada.

 

Na verdade, ela é o despertar de uma “nova cultura” para aqueles que estão iniciando seus primeiros passos no mundo da educação, e, em um futuro não muito distante, estarão ingressando no mundo do trabalho, que irá lhes oferecer possibilidades, expectativas mil, oportunidades, crescimento pessoal e profissional, e ao mesmo tempo, riscos imagináveis.

 

Eis a questão! Todos nós - nos nossos tempos - somente ouvimos falar na segurança e saúde do trabalhador, quando nos deparamos com as primeiras vítimas, e com os noticiários nefastos que há muito assolam a vida e a família de tantos e tantos brasileiros. Não tínhamos qualquer referência sobre o assunto. Não é verdade?

 

Falar sobre esta temática e introduzi-la nas atividades pedagógicas do universo escolar, é plantar uma semente em solo novo, fértil, adubado pela curiosidade instintiva, com potenciais chances de colhermos - no futuro - frutos de excelente qualidade: cidadãos de amanhã, conscientizados, que, certamente, ajudarão nosso País a mudar as estatísticas vergonhosas que mantemos ao longo dos anos.

 

O advento desse dia oportunizará aos gestores e educadores escolares, a interação com um tema tão construtivo e fantástico quanto a outros que já fazem parte da dinâmica escolar. Poderão inserir as crianças - nos ensinos iniciais da aprendizagem - no universo do desenvolvimento sustentável, seguro e promissor; possibilitar que conheçam problemas reais do mundo do trabalho, seus riscos e soluções, aprendendo a lidar com a realidade; obter o conhecimento que as conduzirá a um futuro saudável em termos ocupacionais, como peça importante para o alicerce da qualidade de vida; embutir de forma envolvente, um entendimento e uma cultura que poderão transformar, no mais amplo sentido, uma realidade hoje desoladora.

 

A iniciativa poderá proporcionar aos educadores novas oportunidades de ensino do conhecimento, estimulando e provocando a criança para ir ao encontro deste saber específico, de forma atrativa, dinâmica, interessante e atual; promover a integração da escola com a comunidade e com o mundo do trabalho. A escola poderá conquistar maior credibilidade e responsabilidade social efetiva ao envolver parcela da sociedade - pais de alunos - no âmbito da escola em que seus filhos se tornarão futuros trabalhadores, e não futuros acidentados ou doentes no trabalho, futuros trabalhadores saudáveis - futuros talentos, em plena era do conhecimento. Os professores, dignos profissionais que são, saberão conduzir esse processo.

 

Mas, colocando os pés no chão, o que nos preocupa, é que, numa pesquisa simples, realizada às vésperas desse dia, pudemos constatar uma nuvem negra pairando sobre nosso céu: profissionais da educação, gestores, diretores, educadores, e os próprios alunos, ainda desconhecem a data - nunca ouviram falar - e suas escolas, passarão em branco esse dia. Lamentável e triste!

 

ontudo, não queremos ser pessimistas, vamos apostar no amanhã de céu azul, e esperarmos que esta semente - pequena e simples e ao mesmo tempo imensamente grande - seja plantada de forma eficiente, competente e responsável, por aqueles que detêm esta capacidade, a obrigação e a vontade de fazê-lo, para que possa germinar - de fato -, firme e forte, e, um dia, fazer a diferença no mundo do trabalho. Certamente, a escola do seu filho saberá disso!

 

Adonai Ribeiro

 

 

A Fundacentro / MTE produziu cartilha sobre o tema Interessados poderão baixar em: www.fundacentro.gov.br





Voltar para artigos