logoSintesp

SINDICATO DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO NO ESTADO DE SÃO PAULO


Ética, competência, dignidade e compromisso com a categoria


Bem-vindo, sexta-feira, 20 de outubro de 2017.

Logo Fenatest Logo Força Sindical
07/10/2014

Coragem para mudar tem ajudado o SINTESP a avançar em prol da SST


Chegamos no quarto trimestre de mais um ano importante para a nossa história. Desde o início desta gestão nossa diretoria tem atuado unida, batalhando para colocar o SINTESP em lugar de destaque no cenário nacional da Segurança e Saúde do Trabalho. Mesmo passando por diversos desafios, o SINTESP alcançou avanços importantes nesse período que demonstram o quanto a categoria dos Técnicos de Segurança do Trabalho tem atuado para fazer a diferença nos ambientes de trabalho em prol da cultura prevencionista.

 

Levando adiante a nossa proposta de lutar pela melhoria da qualidade de vida do trabalhador e trabalhadora sem qualquer distinção, em 2014, cumprimos mais uma meta ousada de nossa gestão, a qual vislumbrou a oportunidade de deixar de ser pura e simplesmente tecnicista para abraçar com consciência e responsabilidade o viés político fazendo o lançamento das candidaturas com DNA prevencionista de nosso presidente, Marcos Antonio Ribeiro, que concorre à vaga de deputado federal; e Valdizar Albuquerque, diretor de Comunicação e Marketing, que está disputando uma cadeira na assembleia legislativa como deputado estadual, ambos licenciados no momento. Temos, nos últimos meses, mobilizado nossos profissionais para termos representantes da nossa categoria nessas autarquias nacionais. Enquanto escrevíamos este editorial ainda não tínhamos os resultados desta eleição, mas estamos cientes de que fizemos a nossa parte porque, para nós, só o fato de termos chegado até esse estágio representa uma conquista de fundamental importância, já que a maior parte das legislações trabalhistas e SST são discutidas nessas esferas, principalmente, pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social e temos ficado, ao longo do tempo, reféns dos desmandos e tendo que acatar decisões que muitas vezes prejudicam severamente a vida do trabalhador.

 

Neste encalço estamos convivendo também com a séria ameaça da proposta de alteração da NR-1, que com o objetivo de se tornar uma norma de gestão tem causado algumas polêmicas em meio ao setor de segurança e saúde do trabalho, uma vez que o texto em consulta pública é muito abrangente e expõe muitos aspectos de princípios de gestão, mas, também, alguns pontos que preocupam os profissionais prevencionistas, porque a NR 1 tinha e tem por trás dela algumas provocações que existem de alguns segmentos a intenção de desregulamentar a segurança e saúde do trabalho, tirando a obrigação da responsabilidade do empregador. Outro fator que tem deixado o SINTESP alerta é que na proposta de alteração está sendo colocado que as ações de prevenção podem ser desenvolvidas pelo próprio empregador ou pessoa por ele designada, o que incorrerá, inevitavelmente, em prejuízos para os trabalhadores e, certamente, para a nossa categoria. Para evitar esse tipo de acontecimento temos chamado todos os TST´s à participarem da consulta pública e contribuírem efetivamente para que o texto que vier a ser aprovado faça valer o que lhe é de direito dentro dos ambientes de trabalho.

 

Com todos esses esforços estamos deixando prevalecer a coragem para mudar e temos certeza de que vamos conseguir melhorar o dia a dia do Técnico de Segurança do Trabalho e, sobretudo, continuar produzindo bons resultados para toda a nossa sociedade.

 

Sebastião Ferreira

Diretor 1º Secretário 



Voltar para Editoriais