logoSintesp

SINDICATO DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO NO ESTADO DE SÃO PAULO


Ética, competência, dignidade e compromisso com a categoria


Bem-vindo, quarta-feira, 28 de junho de 2017.

Logo Fenatest Logo Força Sindical
09/02/2015

Conheça os OBJETIVOS dos principais cursos SINTESP


Nossos cursos são oferecidos para o Técnico de Segurança do Trabalho, mas também podem participar estudantes, profissionais envolvidos nas áreas da SST (segurança e saúde do trabalhador), socorristas, bombeiros, gestores e outros, atuando nos mais variados ramos da indústria, comércio, serviços e no terceiro setor, na sede e regionais do SINTESP.

 

Cursos e objetivos:

 

Como Elaborar o AVCB: orientar o Técnico de Segurança do Trabalho, passo-a-passo, como deve ser elaborado o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, atendendo às determinações do próprio Corpo de Bombeiros - SP.

 

Instrutor de Segurança na Operação de Empilhadeira: Capacitar o Técnico de Segurança do Trabalho a treinar profissionais com relação à segurança na utilização de empilhadeiras, dotando-os de conhecimentos teóricos e práticos, para uma operação segura e correta sob o ponto de vista preventivo, de acordo com a NR 11.

 

PCMAT: Capacitar o Técnico de Segurança do Trabalho para a elaboração do PCMAT no âmbito de suas diretrizes, que contemplam a implementação de procedimentos e normas de segurança capazes de prevenir acidentes e doenças ocupacionais, preservar a saúde e a integridade dos trabalhadores, atendendo as exigências da NR 18.

 

Primeiros Socorros na Empresa: Capacitar o Técnico de Segurança do Trabalho para aplicar as técnicas de primeiros socorros de imediato, utilizando-se dos recursos disponíveis.

 

Instrutor de Segurança em Trabalho em Altura (NR 35): Capacitar o Técnico de Segurança do Trabalho a elaborar, coordenar e ministrar o treinamento do item 35.3, para trabalhadores que necessitam desenvolver trabalhos em altura, com metodologias de trabalhos habitualmente empregadas nas atividades industriais e da construção civil.

 

Instrutor de Segurança em Espaços Confinados (NR 33): Capacitar o Técnico de Segurança do Trabalho a elaborar, coordenar e ministrar treinamento para trabalhadores que necessitam desenvolver trabalhos em espaços confinados, com metodologias de trabalhos habitualmente empregadas nas atividades junto aos mais variados espaços confinados. Serão abordados temas pertinentes às exigências da NR 33.

 

PPR: Apresentar aos Técnicos de Segurança do Trabalho todos os equipamentos de proteção respiratória existentes, para que possam distinguir suas aplicações; como elaborar o Programa de Proteção Respiratória em suas empresas, e entender o preparativo necessário compreendendo levantamentos ambientais de contaminantes, treinamentos, exames médicos necessários, ensaios de vedação, avaliação futura, e elaboração final com base legal.

 

Capacitação Didático-Pedagógica para Instrutores: Capacitar o Técnico de Segurança do Trabalho para atuar com eficácia, de forma confiante, motivada e segura, como Instrutor, Facilitador e/ou Multiplicador de Treinamentos, aprimorando suas técnicas de comunicaçãopara as mais diversas situações, entre elas, apresentações, palestras, reuniões, DDS e demais eventos.

 

Gestão em Ergonomia com Enfoque na Nova NR 12: Possibilitar ao Técnico de Segurança do Trabalho, uma visão crítica de um processo de ergonomia em relação a algumas NRs. perante as organizações, capacitando-o a contribuir na implementação, avaliação, gestão, aprimoramento e integração com os demais profissionais das áreas médica, engenharia, segurança do trabalho, gestão de pessoas entre outros, habilitando-o a gerir a viabilidade das ações ergonômicas, contextualizadas com segurança em máquinas e equipamentos, bem capacitá-los a diagnosticar e intervir em situações que necessitem adequação ergonômica.

 

CIPA: Capacitar o Técnico de Segurança do Trabalho, a atuar como gestor da CIPA, desde o seu dimensionamento, organização, documentação legal, processo eleitoral, treinamento, formação de uma CIPA atuante, multiplicadora e que contribua com a atuação do profissional na aplicação da SST e na melhoria continua dos ambientes de trabalho.

 

PPRA: Capacitar o Técnico de Segurança do Trabalho, na elaboração e formatação do programa de prevenção de riscos ambientais, assim como a elabora-lo como um programa de gestão, de forma que o mesmo seja uma ferramenta de aferição de resultados e aplicação das normas de segurança e que cumpra seu real objetivo na antecipação e prevenção de riscos.

 

Gestão no Programa de Ergonomia: Possibilitar aoTécnico de Segurança do Trabalho, uma visão crítica de um processo de ergonomia em relação a algumas NRs perante as organizações, capacitando-o a contribuir na implementação, avaliação, gestão, aprimoramento e integração com os demais profissionais das áreas médica, engenharia, segurança do trabalho, gestão de pessoas entre outros, habilitando-o a gerir a viabilidade das ações ergonômicas, de forma eficaz frente ao ambiente de trabalho específico, bem capacitá-los a diagnosticar e intervir em situações que necessitem adequação ergonômica.

 

Consultor em Ergonomia: Proporcionar aos participantes uma visão prática e objetiva sobre o assunto habilitando-os a diagnosticar e intervir em situações que necessitem adequação ergonômica dentro da empresa, conforme NR-17 e seus Anexos I e II. No entanto a proposta vai além do prescrito na norma e estende-se a um programa de ergonomia por completo, onde o profissional deverá auxiliar a instituição a prover os recursos humanos e materiais para regularização das situações e inadequadas.

Voltar para Informes Técnicos