logoSintesp

SINDICATO DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO NO ESTADO DE SÃO PAULO


Ética, competência, dignidade e compromisso com a categoria


Bem-vindo, segunda-feira, 11 de dezembro de 2017.

Logo Fenatest Logo Força Sindical
02/12/2013

Processo produtivo cria exército de inválidos, diz Camargo


Procurador-geral do Trabalho, Luís Camargo Procurador-geral do Trabalho, Luís Camargo

Declaração foi dada no lançamento da Frente Parlamentar de Segurança e Saúde do Trabalho



Brasília – O procurador-geral do Trabalho, Luís Camargo, afirmou, nesta quarta-feira (27), que o Brasil está criando um exército de inválidos, vítimas do processo produtivo. A declaração foi dada no lançamento da Frente Parlamentar de Segurança e Saúde do Trabalho, na Câmara dos Deputados. Camargo elogiou a iniciativa do Congresso e destacou que o Ministério Público do Trabalho (MPT) se apresenta como parceiro da frente parlamentar.



“Nós estamos criando um verdadeiro exército de pessoas que jamais voltarão aos seus postos de trabalho, que são mutilados, doentes, viúvos e viúvas, por conta do processo de produção em vigor neste país. Se não tivermos uma forma efetiva de mudar esse processo, nós teremos um exército de inválidos”, afirmou Camargo.



O país tem mais de 700 mil acidentes de trabalho por ano, com três mil mortes. Os setores com maiores índices são construção civil e transporte. Nesta quarta-feira, dois operários morreram num acidente com um guindaste na obra da arena Corinthians, estádio que sediará a abertura da Copa do Mundo de 2014. O Ministério Público do Trabalho irá inspecionar a obra nesta quinta-feira (28) (veja matéria no site).



Também participaram do lançamento da frente parlamentar os procuradores Philippe Gomes Jardim, coordenador nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho (Codemat); Paulo Douglas Almeida de Moraes; Valdir Pereira da Silva; e Carlos Eduardo de Azevedo Lima, presidente da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT).



Presidida pelo deputado federal Vicentinho (PT/SP), a Frente Parlamentar de Segurança e Saúde do Trabalho é composta ainda por 240 outros deputados.



Informações:
Procuradoria Geral do Trabalho
Assessoria de Comunicação
(61) 3314-8222



Fonte: JusBrasil

Voltar para Notícias